O que é endoscopia digestiva alta?

A endoscopia digestiva alta é um exame destinado ao diagnóstico de doenças do esôfago, estomago e duodeno – porção inicial do intestino delgado. Durante o exame é possível fotografar as imagens obtidas, colher material para biópsias, retirar pólipos, cauterizar sangramentos e injetar substâncias medicamentosas.

Indicações:
  • Dor ou desconforto abdominal
  • Dor no estômago
  • Queimação
  • Dificuldade ou dor para engolir
  • Refluxo e regurgitação
  • Vômitos persistentes
  • Sangramentos
  • Investigação de emagrecimento e anemia
  • Pessoas com história familiar ou fatores de risco para câncer de esôfago e estômago devem fazer o exame mesmo sem sintomas!

Saiba mais

É um procedimento seguro, com baixos riscos de complicações, realizado através do equipamento denominado gastroscópio – um tubo flexível e fino – o qual chega até o início do intestino delgado (duodeno) através da boca. Seu comprimento tem aproximadamente 110 cm, com um diâmetro que varia entre 0,8 e 1,0 cm.

O endoscópio possui uma câmera de alta resolução e uma fonte de luz própria, que serve para iluminar o interior dos órgãos. O aparelho também é capaz de aspirar e injetar água para limpar secreções que possam estar atrapalhando a visualização direta da mucosa do esôfago, estômago ou duodeno.

Durante o exame é possível fotografar as imagens obtidas, colher material para biópsias, retirar pólipos, cauterizar sangramentos e injetar substâncias medicamentosas. Para a realização da endoscopia é necessário jejum de alimentos sólidos por pelo menos 8 horas e, líquidos de cor clara podem ser ingeridos até 3 horas antes do procedimento.

Outros nomes:

  • Endoscopia Digestiva Alta,
  • Esofagogastroduodenoscopia,
  • Endoscopia Gastrointestinal

Comunicado:
Para saber mais sobre os procedimentos de precaução e recomendações clique aqui.

WhatsApp
Covid-19Para saber sobre os procedimentos, clique aqui.