A checagem e atualização da carteira vacinal dos pacientes portadores de DII – Doença Inflamatória Intestinal (Doença de Crohn e Retocolite Ulcerativa) deve ser feita, sempre que possível, antes de iniciar o tratamento com algumas terapias.

Pacientes considerados imunossuprimidos não podem receber vacinas de vírus vivos ou atenuados.

Mas quem é o paciente considerado imunodeprimido?

– Em uso de corticoide numa dose igual ou maior que 20mg de prednisona (ou equivalente de outro corticoide) por mais de 2 semanas

– Em uso de qualquer imunossupressor (azatioprina, metotrexato, ciclosporina)

– Em uso de qualquer terapia biológica (infliximabe/Remicade, adalimabe/Humira, certolizumabe/Cimzia, vedolizumabe/Entyvio, ustequinumabe/Stelara)

– Em uso de inibidor da JAK (tofacitinibe/Xeljanz)

– Com desnutrição acentuada

Quais vacinas proibidas?

– BCG (tuberculose)

– Febre amarela

– Tríplice viral (que tem o sarampo)

– Varicela

– Poliomielite oral (Sabin – gotinha)

– Influenza inalada (spray nasal)

Quais vacinas permitidas?

– Pneumocócica

– Meningocócica

– Hepatite A e B

– Tríplice bacteriana

– Influenza (gripe)

Obs 2: Recém-nascido de mãe que toma biológico (exceto o Cimzia) não pode ser vacinado ao nascer com a BCG. O médico que vai calcular quando poderá ser feita a vacina, geralmente aos 6 meses.

Obs2: Imunodeprimidos não devem ter contato com pessoas que tomaram a Sabin (gotinha da polio oral) nas 3 primeiras semanas após a vacina. Por isso quem tem filho e vai vaciná-lo deve pedir a Salk.

DII & Vacina COVID-19

Não há, até o momento, contraindicação de qualquer uma das vacinas que estão sendo administradas contra a Covid-19.

Vale lembrar que os pacientes com DII não se encontram em grupo prioritário para vacinação, mas poderão ser imunizados assim que liberados pelas categorias de idade, profissão ou outras comorbidades.

Orientamos apenas evitar tomar a vacina no mesmo dia de infusão de qualquer terapia biológica, pois se apresentar algum efeito adverso ficará difícil determinar se foi pela vacina ou pela medicação.

Dra Bianca Schiavetti, Gastroenterologista


0 comentário

Deixe uma resposta

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comunicado:
Para saber mais sobre os procedimentos de precaução e recomendações clique aqui.

WhatsApp
Covid-19Para saber sobre os procedimentos, clique aqui.